Começou, agora já era!

Geralmente as pessoas planejam, ou pelo menos tentam planejar, suas vidas, mas com a gente as coisas meio que foram acontecendo…Quando vimos, já estávamos tão juntos, mas não éramos namorados e por livre e espontânea pressão do destino, oficializamos nosso namoro.

Toda essa aproximação se deu por parte da distância das nossas casas. Contraditório, não?! Era pra ser um namoro à distancia, são duas cidades diferentes, né!? Mas não, isso acabou resultando em uma vontade de ficar todo dia junto, seja por realmente querer uma pessoa ao seu lado ou simplesmente pra não fazer o percurso tão longo faculdadeXcasa sozinho. 😛 É sério, muitas vezes usávamos, ou pelo menos eu usava, essa desculpa para dormir na casa dele.

Pois bem, conforme o tempo passa, a vontade de ter a sua própria casa aparece junto com uma marquinha ou outra de expressão, e com a gente não foi diferente. Dessa vez, até que teve um mínimo planejamento possível, até porque não dá pra decidir de uma hora pra outra que você vai comprar uma casa. Apesar de já ter ouvido falarem que o boom imobiliário passou e os preços estão desacelerando, ainda não vi essa teoria refletir nos imóveis aqui do Rio de Janeiro. 😦

Na verdade, a vontade de sair da casa dos pais partiu do Yuri, até porque, ele já tinha “saído” de casa uma vez, para morar mais perto da faculdade, mas teve que voltar, quando o contrato acabou. Até então, ele estava procurando um apartamento pra comprar sozinho e várias vezes ficamos surpreendido, pois tínhamos que escolher entre um apartamento bom ou um lugar bom. Os dois, com o nosso salário, seria impossível – falei nosso, porque apesar dele querer pagar o apartamento, eu entraria pra compor a renda.

Depois de vááárias tentativas frustradas, eis que o destino dá uma dentro. Ainda não comentei sobre isso, mas o pai do Yuri tinha começado a investir em um apartamento na planta, até o convidou para fazer parte, mas na época, o Yu não tinha condições de arcar com mais essa despesa. O pai dele meio que ficou desmotivado por ter entrado nessa empreitada meio que sozinho e acabou por deixar o apartamento de lado, apesar de já ter pago algumas prestações.

Quando meu sogro começou a ver a nossa saga pra comprar um apartamento, nos “ofereceu” o apê que ele já havia dado entrada. Nosso coração ficou meio acelarado, era óbvio que nós queríamos, mas era um apartamento bem mais caro do que estávamos planejando, apesar de unir as duas coisas que mais desejávamos: um bom apartamento em um bom lugar.

Pronto! Decidimos entrar de cabeça nessa missão. Vamos precisar nos sacrificar um pouco e cortar alguns gastos, cortar McDonald’s e afins, mas vai valer a pena. Seja o que Deus quiser.

Como sou muuuito iniciante nesse assunto, vou precisar estudar bastante. Espero poder ajudar quem está passando pelo mesmo momento que eu e ser ajudada por que já passou por essa experiência.

 

Ah, coloquei a planta do nosso provável apartamento, ou melhor, apErtamento… cada ano que passa, as construtoras fazem apartamentos menores. Estou vendo que teremos que rebolar pra conseguir colocar todas as nossas “tralhas” dentro desses pequenos 58m². :O

planta coluna 02 certa

Sejam bem-vindos!

Anúncios

Deixe um comentário :D

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s